Hoje Tenho Pressa

Hoje tenho pressa,
prometi começar a dieta na segunda, mas como hoje já é quarta, vou adiar para a próxima semana.
Hoje tenho pressa,
prometi fazer aquela limpeza na casa, mas acordei mais tarde, a internet me ocupou, vou deixar para limpar amanhã.
Hoje tenho pressa,
prometi encontrar aquele amigo depois do trabalho, mas hoje estou cansada, louca para chegar em casa, vou deixar esse encontro para uma próxima oportunidade.
Hoje tenho pressa,
desejei surpreender uma pessoa querida em seu aniversário, mas a semana passou, a preguiça não me deixou sair para comprar um presente, deixa essa surpresa para o ano que vem.
Hoje tenho pressa,
eu poderia fazer as pazes hoje, mas metade de mim não quer, talvez o orgulho, talvez amor-próprio, deixa essa briga durar mais um dia.
Hoje tenho pressa,
eu poderia dar aquele abraço apertado, mas fiquei sem jeito, deixa para uma outra hora, quando rolar um clima especial.
Hoje tenho pressa,
prometi esse ano começar a escrever um livro, mas alguns meses já se foram e logo o ano acaba, deixa para o ano que vem.
Hoje tenho pressa,
eu poderia me declarar, dizer o que penso, dizer o que sinto quando de noite fecho meus olhos para dormir e o coração reage, mas talvez eu não seja entendida, talvez não seja levada tão a sério, deixa para um próximo momento.
Hoje tenho pressa e essa pressa molda minha história, se eu não tivesse a pressa que tanto me acelera:
Eu poderia ter começado a dieta antes e ter evitado aquela doença.
Eu poderia ter feito muitas limpezas na casa, evitando aquelas crises alérgicas que me impediram de sair.
Eu poderia ter me encontrado com aquele amigo, pois aquela poderia ter sido a última vez que eu o veria.
Eu poderia ter feito a surpresa para aquela pessoa especial, talvez o aniversário dela rendesse um sorriso ao invés de fazê-la chorar.
Eu poderia ter feito as pazes, isso poderia garantir um dia seguinte incrível entre duas pessoas que se amam.
Eu poderia ter abraçado bem forte, talvez aquela pessoa se sentisse mais forte, mais paz, mais carinho e não terminaria o dia com lágrimas nos olhos.
Eu poderia ter escrito meu livro, talvez no ano seguinte eu poderia ter feito o segundo volume dele e registrado histórias especiais.
Eu poderia ter me declarado, ter dito o que vem lá de dentro, sem medidas, talvez dois corações ficassem inteiros pois o gelo se quebraria e a outra parte também se declararia.
Eu poderia, eu posso, eu quero.
Tudo depende da vontade que vem de dentro de você.
Ás vezes o cansaço, a preguiça, a correria do dia a dia, nos faz deixar o tempo escorrer por nossas mãos e desperdiçar momentos incríveis ao lado daqueles que amamos.
Um abraço dura segundos, mas os efeitos dele podem durar uma vida toda.



Comentários