Amamentar

Durante um tempo meu peito foi abrigo, foi consolo, foi calor, foi soneca, foi remédio, foi amor.

Essa história de amamentar ser natural, tudo lindo e fácil, é puro romance. A gente insiste, persiste e também se machuca por dentro e por fora. A gente se cobra, se culpa, e tudo isso muita gente não nota.

Com o tempo tudo fica mais fácil, fica gostoso, vira carinho, vira querer de mãe, vira querer de filho.

Amamentar é um desafio. No começo a gente coloca mais lágrimas nos olhos do que sorrisos na boca. Faz parte, como tudo na vida de mãe.

A gente não nasce sabendo ser mãe, a gente se descobre. Tudo é novo e diferente das teorias. Cada mãe tem o seu mundo, e cada mundo precisa do seu espaço.

(Texto Inspirado na Semana Mundial de Aleitamento Materno)



Comentários