Gatos são poemas ambulantes. Pisam na Terra como se estivessem no céu e seus olhos atravessam as fronteiras dos mundos invisíveis.



Comentários