A saudade não tem braços, mas aperta um bocado!

A saudade não tem braços, mas aperta um bocado!