É bom se amar sozinho

É bom se amar sozinho, mas se é juntinho cai bem. (Meu Lugar)



Nossa Conversa

Nossa Conversa

Só hoje eu desisti de nós mil vezes
E te odiei com mil razões diferentes
E aí você sorriu e já era
Me convenci que era impossível
E que amar demais representava perigo
E aí você me olhou e já era

Já era de se esperar não é?!
Quem já sofreu por amor desconfia da flor
Mas olha que loucura né?!
Te vi e os meus olhos mudaram de cor

Antes da gente dar nome já era pra sempre
E eu com medo de ser
Mas quando eu falo de amor por aí
É pensando em você

O seu cheiro já seria o bastante
Pra me fazer pensar no que eu disse antes
Eu finjo não querer
Mas já era
A vida sempre coloca a gente em perigo
E você com certeza é o meu preferido
É só um toque seu e já era

Já era de se esperar não é?!
Quem se faz de forte costuma ter medo da dor
Mas olha que loucura né?!
Te vi e os meus olhos mudaram de cor



Antes da gente dar nome já era pra sempre

Antes da gente dar nome já era pra sempre. (Nossa Conversa)



Mas quando eu falo de amor por aí

Mas quando eu falo de amor por aí, é pensando em você, só você. (Nossa Conversa)



Me cansei de apenas existir e hoje eu tô curtindo a vida

Me cansei de apenas existir e hoje eu tô curtindo a vida. (Viajar É Preciso)



Era Uma Vez

Era Uma Vez

Era uma vez
O dia em que todo dia era bom
Delicioso gosto e o bom gosto das nuvens
Serem feitas de algodão
Dava pra ser herói no mesmo dia
Em que escolhia ser vilão
E acabava tudo em lanche
Um banho quente e talvez um arranhão
Dava pra ver, a ingenuidade a inocência
Cantando no tom
Milhões de mundos e os universos tão reais
Quanto a nossa imaginação
Bastava um colo, um carinho
E o remédio era beijo e proteção
Tudo voltava a ser novo no outro dia
Sem muita preocupação

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido
É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

Dá pra viver
Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau
É só não permitir que a maldade do mundo
Te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real
E entender que ela mora no caminho e não no final
É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido
É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido



É que a gente quer crescer

É que a gente quer crescer, e quando cresce quer voltar do início, porque um joelho ralado dói bem menos que um coração partido. (Era Uma Vez)