Charles Chaplin

Declaração de Amor / Autores

O coração não é uma estrada para passeio de muitos

O coração não é uma estrada para passeio de muitos. O coração é um lugar onde só fica quem faz por merecer.



Falar sem aspas

Falar sem aspas, amar sem interrogação, sonhar com reticências, viver sem ponto final.



Sorriso

Oi! Sorria

Mas não se esconda atrás desse sorriso,
mostre tudo aquilo que você é , sem medo.

Existem muitas pessoas que sonham
com o seu sorriso, assim como você

Viva!
Tente!

A vida não passa
de uma tentativa

Entregue-se!

A felicidade é o resultado
dessa tentativa

Ei! Ame, acima de tudo.

Ame tudo e todos, deles depende a
sua completa felicidade.

Não!

Não feche os olhos para
a sujeira do mundo.

Não ignore a fome.

Esqueça a sombra, mas antes faça algo para
combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.

Procure!

Procure o que há de bom em tudo e em todos.

Não faça dos defeitos uma razão para a distância
e sim, um motivo para a aproximação.

Aceite!

Aceite a vida, as pessoas e faça
delas a sua razão de viver.

Entenda!

Entenda os que pensam diferente
de você mas não os reprove.

Ei! Ouça.

Escute o que as pessoas têm a lhe dizer.

É importante.

Suba!

Faça dos obstáculos , degraus para aquilo que você
julga importante, mas não esqueça daqueles
que deixou nos primeiros degraus.

Ei! descubra.

Descubra Deus dentro de você.

Procure acima de tudo ser gente.

Eu também vou tentar.

Ei! você,…não vá embora, eu preciso lhe
dizer que te amo , seja lá quem for.

SIMPLESMENTE PORQUE VOCÊ EXISTE!!!



A Vida é Muito para Ser Insignificante

A Vida é Muito para Ser Insignificante

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
Tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
Já dei risada quando não podia,
Já fiz amigos eternos,
Já amei e fui amado, mas também já fui rejeitado,
Já fui amado e não soube amar.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
Já vivi de amor e fiz juras eternas, mas "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
Já liguei só pra escutar uma voz,
Já me apaixonei por um sorriso,

Já pensei que fosse morrer de tanta saudade e... tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). Mas sobrevivi!

E ainda vivo!
Não passo pela vida...
e você também não deveria passar. Viva!

Bom mesmo é ir a luta com determinação,
Abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito para ser insignificante.



A Vida Me Ensinou

A Vida Me Ensinou

A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo,
Sem tirá-las do meu coração;

Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;

Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;

Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros .
Afinal eu posso ser sempre melhor.

A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,

A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente,
Pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente,
Pois também preciso desse amor;

A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;

A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;

A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;

A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;

Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.