Mensagens de Saudade

Declaração de Amor / Mensagens de Saudade

Sente saudade de alguém especial e está sofrendo por isso? Não deixe esse sentimento fazer doer, encontre uma mensagem especial que fale por você.

Não Aguento a Distância

Não Aguento a Distância

Eu não aguento mais essa distância que nos separa, amor…
Que me separa dos seus carinhos, dos nossos mimos e dos nossos beijos apaixonados.
Que me separa de olhar nos seus olhos, de trocar olhares cheios de afeto, te abraçar bem forte e ouvir seu coração batendo.
Que me separa de observar você dormindo, de te dizer bem baixinho nos seu ouvido o quanto eu te amo e preciso de você para sempre.
Que me separa de ver o seu sorriso todos os dias e ficar deitada ao seu lado apenas conversando por horas.
Que me separa de ter a pessoa que eu mais amo ao meu lado…
Me diz o que fazer? Tá meio difícil de lidar com isso… A saudade aperta, a tristeza chega e as lágrimas inundam o meu rosto e meu coração chora.
Sempre prometi que eu vou esperar o tempo que for por você e essa é a mais pura verdade que eu guardo dentro de mim.



E Que Dure Tempo Suficiente

E Que Dure Tempo Suficiente

Que a distância não separe o que o tempo não separou.
Que a saudade não estrague o que a espera nunca estragou.
Que o mundo não machuque o que o amor nunca machucou.
Que os olhos não chorem o que a alma nunca chorou.
Que o coração não sangre o que a fé um no outro nunca sangrou.
E que dure tempo suficiente, conforme Deus abençoou.



Pai... Hoje Você Não Está Mais Aqui

Pai... Hoje Você Não Está Mais Aqui

Hoje!...
Nada mais importa...
Os sonhos que sonhamos...
Hoje só são sonhos...
A vida passou... O tempo de sonhar passou...
Para nós já não existe amanhã...
Tudo é passado agora...
Você hoje é só uma lembrança nesse meu coração...
Lembrança que se mistura com saudades.
E trazem você num momento de emoção...
Para aliviar o desejo...
Desejo de ter novamente tua presença me protegendo...
Que saudades eu sinto de você!
Hoje... Tenho me perguntado varias vezes:
Porque não disse que te amava tanto?
Porque deixei tantas oportunidades de lado?
E assim o tempo passou...
O tempo passou e não percebi
Não percebi que para palavras não existe amanhã.
Hoje eu sei... Mais saber agora de nada adianta...
Você já não está aqui...
Mas esse foi o jeito que encontrei para dizer...
Coisas que nunca te falei...
Coisas que simplesmente guardei...
Porquê?
Porque pensei que soubesse tudo de mim...
Dos meus sonhos... Dos meus medos...
Do meu amor por você!
Talvez não tenha encontrado...
Palavras para traduzir...
Todo esse carinho e admiração...
Que o tempo todo senti por você!
Descanse em paz...



Volta Pra Mim

Volta Pra Mim

Essa distância machuca,
Essa saudade tortura,
Essa demora, essa vontade...
Me liberte, me cure.
Volta pra mim,
pois não suporto mais
ficar sem você aqui.



A Dor Que Dói Mais

A Dor Que Dói Mais

Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.

Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Doem essas saudades todas.

Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.



Metade

Metade

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
A outra metade é silêncio

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Pois metade de mim é partida
A outra metade é saudade

Que as palavras que falo
Não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas como a única coisa
Que resta a um homem inundado de sentimentos
Pois metade de mim é o que ouço
A outra metade é o que calo

Que a minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que mereço
Que a tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que penso
A outra metade um vulcão

Que o medo da solidão se afaste
E o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
Que o espelho reflita meu rosto num doce sorriso
Que me lembro ter dado na infância
Pois metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade não sei

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o seu silêncio me fale cada vez mais
Pois metade de mim é abrigo
A outra metade é cansaço

Que a arte me aponte uma resposta
Mesmo que ela mesma não saiba
E que ninguém a tente complicar
Pois é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Pois metade de mim é plateia
A outra metade é canção
Que a minha loucura seja perdoada
Pois metade de mim é amor
E a outra metade também



Aurora

Aurora

Na aurora deste amor
Debrucei sobre meus sentidos,
Alimentei meu coração
Assassinei a solidão.

Procurei mil histórias
Para a minha interpretar.
Encontrei a emoção
E por saudade,
Desse amor fui me lembrar.

Escapei de meu olhar,
No horizonte fui sumir...
Medo de encontrar,
Aquele amor que volto a seguir.

Testemunhas de uma estação,
Olhos firmes
Rosto úmido,
A procura da solução.

Sinto a aurora me tomar,
Em seus mistérios me envolver.
Se não descobrir o que é amar
Como hei de te esquecer???



A Sua

A Sua

Eu só quero que você saiba
Que eu estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

To com sintomas de saudade
To pensando em você
Como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem

Eu só quero que você caiba
No meu colo porque
Eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás

To com sintomas de saudade
To pensando em você
Como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem

Eu só quero que você saiba
Que eu estou pensando em você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem
Porque eu te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem



Vento No Litoral

Vento No Litoral

De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda está forte vai
Ser bom subir nas pedras sei
Que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora
Agora está tão longe ver
A linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos na mesma direção
Aonde está você agora
Além de aqui dentro de mim
Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você está comigo o tempo todo
E quando veio o mar
Existe algo que me diz
Que a vida continua a se entregar
É uma bobagem
Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos
Lembra que o plano era ficarmos bem
Olha só o que eu achei
Cavalos-marinhos
Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando tudo embora



Estações

Através de milênios impossíveis,
Desertos são descobertos.
São páginas da vida,
Literatura de grandes sonhos.

Minhas promessas são cumpridas,
Meus desejos realizados.
São viagens pelas estações,
Onde destinos são contemplados.

As mentiras somem sem deixar vestígios.
As palavras surgem como um truque espontâneo.
A melodia já pode ser entendida,
Depois da ausência da ilusão.

São assim as estações:
Procuram deixar marcas
Pra com as lembranças ficar,
Tiram profundas emoções
E faz morada em um olhar.

Estações que vão,
Estações que vêm.
E nessa inércia no tempo,
O coração prova
O sabor de cada período da vida.



Alvorada

Passa o tempo,
Naufraga as palavras
No mar do meu coração.
Desvenda os segredos
Das fantasias armadas,
Que sopram a solidão.

Pedi socorro
Movi moinhos,
Sonhei lembranças.
Escalei montanhas,
Encontrei esperanças.

Palavras sem sentidos,
Caminho sem razão.
O que ouves meus ouvidos,
Não atingi meu coração.

São promessas incompletas
Sem razões pra se cumprir.
Minhas pegadas são retas,
Pra com a distância seguir.

Talvez em outro destino,
Me encontro sem chorar.
Na alvorada deste mundo,
Talvez eu deixe de te amar.



Ausência

Ausência

Não sei se notas minha ausência,
Ou se consolas
Com outros pensamentos...
Silêncio causa minha carência
Delírios fortes de saudade.

O que é amor
Sem saudades pra sentir?
Se a distância é um castigo,
Meus passos podem te seguir.

Ausência que deixa imune meu sonhar,
Saem palavras de meus pensamentos,
E a ansiedade pra te amar.

Meus olhos são o templo do tempo,
Onde mora o esperar.
As lágrimas testemunham meu lamento,
E em algum destino vou te encontrar.

As horas passam,
Os sonhos chegam.
Saudade fica,
Quando vozes cantam
E interpretam meu olhar junto ao seu.

Talvez ausência seja uma passagem,
Sem caminhos pra errar.
Meu destino não é miragem,
Por desertos vou te achar.

Sou saudade;
Você destino.
Somos juntos a realeza da aurora,
De um amor paciente
Que caminha lentamente
Para o mistério do nosso coração...



Saudade Dolorida

Saudade…
Eu não queria senti-la, mas é mais forte que eu, todas essas lembranças me escravizam, me tiram a paz, sinto saudades de você, saudades dos nossos abraços, dos nossos carinhos, enfim, de tudo de bom que vivemos juntos e que a vida cruelmente roubou de mim.
Hoje, junto com a saudade, uma solidão terrível impera ao meu redor, tudo é vazio, tudo é triste; só a saudade de você que insiste em me machucar.

Quero reviver com você todos os nossos momentos, sentir o seu beijo, o seu corpo; eu tentei te esquecer, mas não consegui, perdi as rédeas do meu coração, eu sei que preciso superar tudo isso, mas se tornou muito difícil, sinto saudades, muitas saudades, não sei se lhe verei novamente algum dia, mas gostaria que essas palavras chegassem ao seu coração e você entendesse que minha vida perdeu a cor e deu lugar a uma imensa dor…

Não sei quais foram os motivos que nos separaram, até hoje isso me inconforma, talvez seja por isso que essa saudade dói tanto, a triste certeza de que não verei seu rosto, sentirei seu corpo, queria poder gritar, explodir essa angústia, mas ela se resume em um choro, onde ódio e tristeza se misturam.
Queria lhe procurar, mas não posso, queria que houvesse uma maneira de erradicar esse maldito sentimento da minha vida, queria lhe ver, olhar seus olhos, mas esse desejo é o mesmo que tentar agarrar o sol…
Tanto amor não foi suficiente para evitar esse desfecho, hoje sou sufocado pela saudade, e forçado a viver contra minha vontade…



Me Apaixonei Por Você

Como encontrar minha estrela perdida,
Se meu céu foi assaltado pela ilusão,
E as estrelas temem...
Como encontrar meu sonho,
Se os pesadelos me visitam constantemente.
Como encontrar a palavra certa para definir um sentimento,
Se todas parassem perderem o sentido.
Como enxergar alguém próximo a mim,
Se estou distante do meu próprio eu.
Como me conformar que eu gostaria
De ter ficado apaixonada em outra hora,
Em outro lugar, em outra vida...
Como encontrar um motivo,
Que me faça mudar o caminho,
Mudar a estação.
Como trocar a saudade pela paz,
Se sentimentos não se trocam apenas se unem.
Como me sentir feliz,
Se o amor não foi tão bom comigo...
Me apaixonei quando mais
Precisava ficar tranqüila.
As coisas não precisam ser complicadas,
Pois o mais simples já se complicou...
Eu me apaixonei por você.



Quando...

Quando você estiver só,
não se esqueça de pensar em mim.
Quando você estiver chorando,
não se esqueça de derramar uma lágrima por mim.
Quando você estiver caminhando, não, não se esqueça de olhar para trás.
Quando você estiver me amando, não se esqueça que eu já o amo.
Quando você for embora, não se esqueça de deixar um "até logo",
já com saudades...
Quando você estiver distante dos meus olhos,
por favor, por favor, não se esqueça de sentir saudades de mim.
Quando você decidir pensar me mim,
lembre-se que eu não paro de pensar em você.
Quando você resolver voltar,
não se esqueça que esse sentimento que foi aos poucos brotando e foi crescendo,
ainda não passou, ainda não acabou, porque eu ainda sonho com você,
eu ainda quero ter você.
Quando a solidão da noite passar como um véu na sua mente
e lá dentro você se sentir só,
saibas que em algum lugar eu também sofro por você.
Quando um dia você não mais existir,
quando eu não puder mais falar,
escrever porque a sua ausência será tão grande,
por favor, por favor me leve com você,
pois eu já não agüento mais...
E por fim, quando esses meus sonhos se transformarem em realidade,
saiba de uma coisa,
eu serei a pessoa mais feliz do mundo,
pois o seu sorriso é mais que uma força,
o seu sorriso é tudo que eu preciso,
o seu amor é tudo que eu desejo,
pois eu ainda TE AMO...



Para Que Não Termine Futilmente

Lágrimas estão presas dentro de mim
Lembranças estão guardadas,
Sensações estão recordadas.
Como posso esquecer tão forte emoção
Lembrar de você é uma rotina do meu coração.
Sinto saudades até das brigas,
Pois sempre no final nosso beijo tinha um sabor diferente.
Você pode não perceber,
Mas continuo da mesma forma,
Te amando, te desejando, te chamando.
Sinto saudades principalmente do nosso amor,
Que demonstrava ser tão intenso e imortal.
Mas me deprime quando noto que nosso amor
Já não é mais o mesmo de antes.
Sinto saudades,
Das juras que fazíamos,
Que agora se tornou coisas do passado.
Como pode você ter dito me amar tanto
Agora dizer que não me ama mais.
Você pode dizer o que quiser,
Mas uma de nossas promessas lembro perfeitamente:
“Sempre um de nós irá querer desistir,
Mas o outro terá que ter mais forças,
Pra que nosso amor não termine futilmente.”



Sinto Saudades

Sinto Saudades

Sinto saudades das palavras doces
Que você murmurava ao pé do meu ouvido.
Sinto saudades do jeito que você me tocava,
Da maneira suave que me olhava.
Sinto saudades dos passeios que dávamos
Das promessas que fazíamos.
Sinto saudades das noites que passávamos juntos.
Sinto saudades dos sonhos que alimentávamos,
Das fantasias que criávamos.
Sinto saudades das canções que embalavam o nosso romance,
Do ritmo que tinha nossa paixão.
Sinto saudades do sabor da sua boca,
Do cheiro do seu corpo.
Sinto saudades dos abraços que dávamos,
E que nos faziam esquecer o tempo.
Sinto saudades de você,
E essa saudade machuca,
Pois você não está mais aqui para me remediar,
À distância me castiga,
O tempo que crucifica.
E você precisa saber o quanto...
Sinto saudades.



Ardor

Arde meu peito não sei explicar,
mas arde o meu peito com um ardor diferente,
não quente,
não frio,
um arrepio de angústia,
que desafia a ciência,
não tem remédio nem palavras ou presenças,
nem lugares ou músicas,
pensamento fixo,
obstinado,
viajando sozinho,
implorando o retorno;
que o ardor suma,
que o sorriso apareça,
pois é tanta saudade,
volta meu remédio,
volta minha palavra,
volta minha presença,
meus lugares,
minha música,
volta,
para que eu sare deste ardor.



Como?

Como tocar na ferida
Sem sentir dor.
Como te ver,
Sem sentir desejo de te tocar.
Como chorar
Sem ter alguém para me fazer sorrir.
Como dormir
Se terei a certeza que acordarei sozinha.
Como beijar,
Se apenas beijo a pessoa que quero
Somente quando estou sonhando.
Como rezar mais,
Se todos os dias me ajoelho e peço a Deus
A benção de nesta vida estar.
Como te tocar,
Sem desejar que você fique.
Como andar tranquilamente
Se estou caminhando pela contra mão.
Como não sentir saudades
De quem está literalmente
Presente nos meus pensamentos.
Como deixar um amor ir embora,
Se eu acabo de chegar para ser feliz.



Quando Lembro de Você

Quando lembro da tua imagem,
É como se na minha frente encontrasse um anjo.
Quando lembro do teu beijo,
É como se acabasse de ver o paraíso.
Fico aqui deitada,
Com um livro de amor em minhas mãos.
E todos nós sabemos que as histórias de amor
Sempre acabam com um final feliz.
Quando lembro da nossa história
Parece-me ser a mais linda, a mais perfeita.
Eu te amo,
E quando me lembro de você,
É como se eu me cobrisse de fantasia e sonhasse a todo instante.
É tão bom ter você em meus sonhos,
E o melhor de tudo:
É maravilhoso ter você em minha vida.



Eu Choro

Lágrimas rolam do meu olhar,
Saudade dos dias em que você sorria pra mim.
Saudade dos momentos bons que fortaleciam toda fé.
Em todas as canções de amor,
Parece que eu ouço o seu nome tocando ao fundo.
Eu choro,
Por lembrar que hoje você não virá até aqui
para sorrir pra mim.
Como dói dentro do peito,
Lembrar que tudo passou,
e você não quer mais voltar.
Parece um punhal entrando no coração.
Eu choro,
Você não tem idéia de como são amargas essas lágrimas,
De como são tristes as minhas noites.
Eu me sinto tão só.
Eu choro,
Pois te amo,
É o maior erro da minha vida
foi não ter reconhecido antes o grande amor
que tinha dentro de mim.



Voz No Vento

Ouço uma voz no vento
Que me chama,
Sinto um perfume que enfeitiça,
Uma sensação que me assusta...
Perfeitamente sei de quem é a voz,
O perfume, e porque sinto uma sensação é assustadora.
A voz é a do meu amor,
O perfume é o de seu corpo,
E a sensação é a saudade
Que machuca minha paz.
Meus olhos já não choram,
Porém meu coração está aos prantos
Desde que você se foi...
Disfarço, finjo estar bem,
Mas é impossível passar o dia sem me lembrar de você.
Sinto vontade de procurá-lo,
Mas não posso,
Pois não basta só eu sentir saudades.
Voz no vento
Que não para de me chamar,
Quer me enlouquecer,
Porém sei me defender...
Fico aqui parada
Para que o vento não me leve até você,
Pois assim talvez eu descubra
Qual o desejo que está nessa voz que não cessa
Desse vento que me toca
E me transforma...



Distância II

Quem sabe o tempo seja meu consolador
E me console quando só me encontro.
Vivo de fotografias e canções,
Que volta e meia me trazem você...
Distância triste
Que deixa molhado meu rosto assustado.
Distância covarde
Que consegue me vencer
E fazer-me voltar a sentir tamanha
Saudade do meu amor...
Amor,
Nem o tempo, nem mesmo esta distância
Que faz chorar meu coração,
É capaz de fazer-me deixar no esquecimento
Aquele rosto lindo que tão feliz me fez
E até agora me faz sonhar.
Mato a saudade nos sonhos
Que juntos felizes estávamos,
Mas somente sonhar não me satisfaz.
Preciso de você,
Não suporto mais ficar distante
Daquele que chamo de meu grande amor.
Necessito dos seus beijos, e do calor do seu corpo,
Que sabe como me acalmar,
Das suas palavras que conseguem me consolar
Quando triste por viver estou.
Amor volte,
Pois não sei amar esta distância.
Preciso de você,
Muito mais que por um instante.



Inspiração

Desenho meus sonhos
Pinto meus pensamentos,
Com cores vivas e alegres.
Meus sonhos são obras primas
Meus pensamentos minha inspiração...
Ouço uma música
Que provoca emoções...
Saudade de uma época
Em que meus sonhos,
Eram fantasias de criança,
Desenhos imaginários
Sonhos de brinquedos...
Uma lágrima de saudade
Dos meus olhos nasce
E sobre meus sonhos desenhados
E as cores de meus pensamentos
Essa lágrima morre...
Deixando uma marca
Em minha inspiração...
Mostrando
Que lembranças podem ser vividas,
Em Forma de Saudade.



Estrela Solitária

Linda estrela
Que no céu se encontra só
Banhe de luz os meus passos
Pois estou sozinha
Neste meu quarto vazio...
Liberte meu coração
Da mais forte ilusão
Liberte-me das garras da saudade
Que por onde ando
Está atrás de mim.
Estrela Solitária
Que sabe o que é ser só
Compreenda os meus desejos
E solte meus sonhos para a realidade...
Traga até mim
Aquele brilho
Que o tempo fez questão de levar.
Salve minhas esperanças
E me diga o que é ser feliz.
Não me deixe só
Não fique só...
Porque juntas
Nossa poesia será mais perfeita
E a solidão não mais existirá.
Deixe de ser
Uma
Estrela Solitária.



Olhares

Dentro de olhares persistentes
nasceu a fonte de promessas
que reluz cada entardecer,
no princípio de cada sonhar
traçando destinos existentes
não cessando meu esquecer...
Nos gritos da saudade
tenho apenas consciência
que saudade mesmo,
apenas da infância,
pois de um amor ainda irei viver...
Destes olhares restam um labirinto,
onde estamos perdidos do tempo
em busca da verdadeira felicidade.
Olhares que prometem,
que conduzem a aproximidade de dois destinos,
que estações diferentes sobreviveu...
Olhares que procuram
semelhanças com um conto de fadas.
Olhares que provocam sensações inexplicáveis,
que faz da noite a mais preciosa promessa
de uma saudade prestes a nascer...
Destes olhares
restam procuras e desejos...
São momentos concretos de felicidade
que o conceito de dois destinos
quer fazer imortal
a lembrança destes
OLHARES...



Quatro Estações

Sinto o calor
Fazendo das paisagens
O reflexo de magias.
Vejo as estrelas unidas
Para um show de encanto.
Sinto a vontade de correr,
Em busca de mistérios...
Mas o frio
Aprisiona-me em seus braços,
No aconchego do nosso mundo.
Meu calor se torna você
E meu mistério se torna nosso amor.
As flores perfumam com sua chegada
E magias são partes deste momento.
O vento traz as lembranças,
E os pensamentos se envolvem na saudade...
Meu destino é esse calor
Que não chama mais os teus braços...
Apenas meu coração é abraçado,
Pela saudade de seus abraços
E dos beijos que
Na noite fria,
Aqueciam meu coração.
Estações se passam
E levam com elas momentos inesquecíveis...
E nos deixam com o tempo
Misturado em seus quatro climas de saudade.



Saudade que Não Acaba

Nos meus passos
Sempre me lembro
Que já caminhamos juntos
Com as mãos unidas,
Não o mesmo caminho
Mas na mesma vida...
Sinto saudades
Das vezes que sem medo da solidão
Eu me declarava sem medir palavras...
Às vezes me pergunto
O por que eu te encontrei
O por que por você me apaixonei...
As lembranças tocam meu coração
E no arrepio da alma
Entrego minha saudade
As mais lindas estrelas.
Sei que minhas lágrimas irão secar
E que outras pegadas marcarão
Meu coração...
Mas quem saberá traduzir
Que mesmo no infinito
Ainda me lembro desse amor,
Que mil razões me levou
E uma cicatriz deixou...
Saudade...
Que acompanha até a última
Batida do coração,
Até que meus olhos
Não queiram
Mais Se Abrirem...



Incurável Saudade

Um instante de silêncio
Uma incurável saudade...
No silêncio adormeço
Nos meus sonhos viajo...
Busco esquecer os sons
Que perturbam meus ouvidos.
Sua voz não se cala
Murmura ao meu coração
Que me ama,
Que não quer que nosso amor adormeça
Junto dos meus pensamentos...
O toque da sua pele
Está nas pontas dos meus dedos,
Seu carinho está em meu corpo,
Seu perfume não sai do ar que respiro,
Seu olhar não desaparece
Em meio de tantos outros olhares...
Eu te amo em silêncio
Eu te quero em segredo,
Sinto saudade sem culpa.
Eu te busco
Sem saber aonde te encontrar.
Sonho com você
Chegando de repente
Me tomando em seus braços
E dizendo que não vai mais partir,
Que essa saudade vai se curar
Simplesmente porque juntos
Iremos Nos Amar...



Te Procuro

Nas estrelas
Te procuro.
Nas canções eu me perco.
Suas palavras ainda parecem murmurarem
Ao pé do meu ouvido.
Te procuro
Sem saber porque,
Te desejo sem culpa...
Para cada estrela
Uma lágrima de saudade...
Uma procura sem fim.
Um amor
Que o tempo não levou,
Que pedaço da minha alma roubou...
Te Procuro
Em Sonhos
Mas só te encontro em pensamentos...
Te procuro
Mas só encontro meu coração
Doendo de saudade de você...
Uma fuga de mim,
Um abandono que me tortura...
Se entrega,
Porque mesmo que fuja
A linda lua cheia será a fuga de seus olhos...
Volta para o meu coração
E faça de cada estrela
Um novo passo para felicidade.
Renda-se ao nosso amor
Pois não saberei o que é ser feliz
Se Eu Não Te Encontrar...