Mensagens
  Enviar Mensagem
  Buscar Mensagem
  Fale Conosco
  Amizade
  Mensagens de Amor
  Desculpas
  Dia da Mulher
  Especiais
  Família
  Músicas
  Paixão
  Parabéns
  Paz
  Positivas
  Reflexões
  Saudade
  Declaração de Amor
  Dica Feminina
  Orações
  Poesias
  Traduções
  Matérias
  Humor
  Sonhos
  Cartões
  Power Point



 

Seja Bem-Vindo 

 

 
Quem se senta no fundo do poço para contemplar o céu, há de achá-lo pequeno.
Hom yu  
O beijo sonoro tem que gritar; o molhado tem que afogar; e o beijo quente é claro que deve incendiar

Ana Carolina*
Ilustrações: Caio Borges

 
Se ele é fatal, a cintura é agarrada de ímpeto e o pescoço feminino, jogado para trás. Se o beijo é ingênuo, ela se vira de lado, corada. O romântico é aquele em que os dois parceiros se beijam primeiro com os olhos. O beijo sonoro tem que gritar; o molhado tem que afogar; e o beijo quente é claro que deve incendiar - para isso, começa devagar e segue a valsa do acaso.

Um beijo sempre merece outro beijo. Um beijo esconde segredos, revela desejos, provoca lampejos. Ah!, que delícia encostar um lábio no outro, mover uma língua na outra, sentir uma saliva na outra!

Ninguém resiste a uma boca gostosa! Se beijar é doar, do beijo de bom-dia só quero alegria; do beijo selvagem, que tenha coragem; do selinho entre amigos, que arrepie o umbigo.

E se o corpo inteiro pede beijo? O jeito é... dar beijo bom. E bom é o beijo que não acaba. Bom é o que tanto pode acalmar quanto pode excitar. Se acalma, é porque baixa a bola da ansiedade; se excita, é porque simboliza o começo de uma brincadeira fogosa entre quatro paredes: o prazer dos amantes em colocar os barquinhos no mar e flutuar. Flutuar na saliva do outro é beijar. O beijo flutua sobre ondas de emoções, encosta no céu da boca ou no fundo do oceano, que é lá no coração. Um beijo dado com alma pode parar o Universo.

Bons amantes beijam toda hora, em qualquer lugar. Com delicadeza, dão jeito de chegar na virilha passando pelas axilas; conseguem chegar aos tornozelos driblando cotovelos; vão fundo até os quadris, exatamente quando ela resolve pedir bis. Quem beija não fraqueja. Beijo bom é espontâneo, beijar com arte é beijar profundo, um beijo farto de cores e sons e vida! Beijar com vida é se apaixonar.

Beijo bom também é o dos tímidos, em que a respiração ofegante fala mais alto e, quando os amantes menos esperam, ele sai. O primeiro é outro grande beijo. A descoberta, o "aprender a nadar quando se é jogado na água", é lindo. Às vezes, o "proibido" da primeira vez assusta e traz culpa. Mas logo passa, importante é ter graça no beijo e na vida, porque beijar vai ser mesmo bom quando for instituído que "O Ministério da Saúde adverte: beijar faz bem à saúde".

"Amor sem beijo é como macarrão sem queijo"
(dito popular)

*Ana Carolina é pianista, escritora, poeta
e torcedora do goleiro Marcos, do Palmeiras.

  Paginas:  | 1 | 2próxima

ver outras matérias > > >